“SÓ OS AFETOS CURAM”

Fernando Mendonça

Esta frase colocada em comentário por uma amiga, sobre uma crónica que em tempos escrevia sobre o Lar de Idosos, faz-nos pensar quão importante é para o nosso familiar ou amigo que se encontre fragilizado pela doença, idade avançada, ou mais ainda, pela solidão… Uma visita, um abraço, um mimo por muito pequeno que seja!

O medicamento naturalmente aliviará a dor física… Um gesto de afeto poderá curar-lhe a alma!

Meus familiares mais próximos tiveram a felicidade de terem na altura quem deles cuidasse sem precisar de serem internados num Lar de Idosos. Outros tempos, outras eras! Também outra disponibilidade e quiçá outras vontades…

Vivemos hoje uma nova realidade, que há-de ser a minha e da maioria dos que tiverem a sorte de chegar a velhos!

As circunstâncias mudaram! A disponibilidade para cuidar dos familiares sente-se hoje afetada pela necessidade de marido e esposa terem de trabalhar fora de casa! Precisam-se por isso, de mais Lares, com boas condições para receber com dignidade, todos aqueles ou aquelas que enquanto novos, deram o seu contributo para a família, à sociedade e para o seu país!

“SÓ OS AFETOS CURAM!” Esta frase tocou-me cara amiga Maria! A fragilidade humana (composta de corpo e alma…) não consegue sobreviver muito tempo sem os “afetos” dos que estiverem mais próximos! Bem hajam os afetos!!!

Fernando Mendonça

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s