MEGULHADORES VERIFICAM PATRIMÓNIO SUBAQUÁTICO DO PORTO DAS PIPAS

Uma equipa de quatro mergulhadores está a desenvolver trabalhos de verificação e proteção do património cultural subaquático no Porto das Pipas, foi esta quinta-feira revelado.

Em causa estão os achados arqueológicos detetados na baía de Angra do Heroísmo, aquando da obra de ampliação do Porto das Pipas.

De acordo com Sofia Ribeiro, citada em nota divulgada no portal internet do Governo, “o local do património identificado encontra-se devidamente delimitado, estando os trabalhos da empreitada a decorrer fora desses limites”.

A titular da pasta dos Assuntos Culturais explica que o desenvolvimento da operação arqueológica na área onde foi sinalizado o conjunto de vestígios arqueológicos de elevado interesse, “continua a decorrer sem afetar a calendarização da empreitada, mediante articulação entre o empreiteiro, o dono de obra e a equipa de arqueologia responsável pelo trabalho”.

Recorde-se que, através de um requerimento apresentado, o Governo Regional dos Açores tinha esclarecido que se encontrava “a articular a melhor forma de garantir a salvaguarda dos achados, sem prejudicar o normal andamento dos trabalhos da empreitada, mesmo tendo em conta que uma operação arqueológica de emergência, a realizar num curto espaço de tempo, possa representar, quer em termos de recursos humanos, quer em termos de recursos financeiros, um esforço excecional por parte do dono da obra”.

© GRA | Foto: GRA | PE