LAGOA: ÓPERA LA TRAVIATA GRATUITA E AO AR LIVRE CELEBRA 500 ANOS DE SEDE DE CONCELHO E 10 ANOS DE CIDADE

A cidade da Lagoa, na ilha de São Miguel, recebe a 15 e 16 de julho a ópera La Traviata, de Giuseppe Verdi, numa cerimónia gratuita e realizada ao ar livre, comemorativa dos 500 anos de elevação a vila e dos 10 a cidade.

Em publicação esta quinta-feira divulgada na página internet, a Câmara da Lagoa indica que o elenco da ópera vai ser composto “por residentes da ilha da São Miguel, mas igualmente por solistas oriundos do continente português e da ilha Terceira”.

A iniciativa realiza-se na Praça do Nonagon, “no âmbito da programação dos 500 anos de elevação de Lagoa a vila e a sede de concelho e dos 10 anos de cidade”.

“Este evento, gratuito, visa promover a democratização ao acesso de uma oferta cultural, habitualmente, pouco acessível à maioria da população. Dirigida a todos os gostos e idades, esta iniciativa pretende envolver e surpreender tanto moradores, como visitantes, numa experiência única, na rua, e próxima do público”, destaca o município.

La Traviata é uma das óperas mais emblemáticas de Giuseppe Verdi e é baseada no romance “A Dama das Camélias”, de Alexandre Dumas.

O romance trágico narra a história de amor entre Violeta, uma cortesã parisiense, e o jovem Alfredo Germont, um homem de linhagem.

Esta ópera relata este amor impossível, uma história de encontros e desencontros, entre os protagonistas.

Organizado pela autarquia, o evento vai contar com a presença do Orfeão de Nossa Senhora do Rosário, do Coro Sintonias, da Banda Militar dos Açores e de alunos do Conservatório Regional de Ponta Delgada.

A direção musical é de Hélio Soares e a direção coral de Cármen Subica, cabendo a encenação a Mário Redondo e o guarda-roupa a Maria de Deus.

Os interessados devem requerer o bilhete na Casa da Cultura Carlos César, em Santa Cruz, ou reservar, através do telefone 296 960 600.

© CML | Foto: CML | PE