REJUVENESCIMENTO DOS TRABALHADORES DA BASE DAS LAJES EM AVALIAÇÃO

Uma nota de imprensa divulgada quinta-feira no portal do Governo dos Açores, refere que a Comissão Bilateral Permanente (CBP) entre Portugal e os Estados Unidos da América (EUA), “aceitou avaliar a possibilidade de rejuvenescimento da força laboral” açoriana ao serviço da Base das Lajes.

A informação foi avançada após a 47.ª reunião da CBP entre Portugal e os EUA, que se realizou quarta-feira, em Washington, com a participação do vice-presidente do Governo Regional dos Açores, Artur Lima, que esteve acompanhado pelo diretor regional dos Assuntos Europeus e Cooperação Externa, Carlos Amaral.

Na agenda desta reunião, refere a nota, foram abordados assuntos relacionados com a Base das Lajes, nomeadamente o ponto de situação relativo à descontaminação dos solos e aquíferos da Praia da Vitória, a cooperação entre a Região Autónoma dos Açores e os EUA e a força laboral portuguesa.

Em matéria laboral, Artur Lima considerou que os Açores estão comprometidos com a consolidação e rejuvenescimento da força laboral açoriana ao serviço da Base das Lajes, tendo defendido a possibilidade de se proceder à substituição de trabalhadores que preencham os requisitos de reforma através da contratação de jovens quadros qualificados, provenientes da comunidade local.

Para o Governo Regional dos Açores, a linha vermelha, nesta matéria, sublinha a nota, “é que não haja extinção de postos de trabalho”. Neste ponto da agenda, acrescenta a nota, a CBP “aceitou avaliar a possibilidade de rejuvenescimento da força laboral”.

Na 47.ª Bilateral Artur Lima voltou a defender a necessidade urgente em promover avanços no processo de descontaminação da Praia da Vitória, reiterando os perigos dessa contaminação para a saúde humana.

“No quadro da atividade diplomática desenvolvida, aos mais variados níveis, verificou-se que estão agora reunidas as condições para se retomar os trabalhos de descontaminação”, lê-se na nota.

O vice-presidente do Governo Regional dos Açores reiterou o convite para que a reunião da 48ª Comissão Bilateral Permanente possa decorrer na ilha Terceira, no final do corrente ano.

Em matéria de cooperação entre os Açores e os EUA, Artur Lima salientou a oportunidade do estreitamento dos laços que unem a comunidade atlântica, através de um projeto organizado de cooperação com os EUA com o duplo objetivo de dar a conhecer a realidade açoriana naquele país e, nos Açores, reconhecer a importância da relação transatlântica para o arquipélago.

Ainda neste ponto, Artur Lima sublinhou a possibilidade de aprofundamento de cooperação nas áreas da ciência, tecnologia e ensino superior.

© GRA | Foto: MM | PE