ELEIÇÕES NO PSD

Fernando Mendonça

Reúne-se amanhã o Partido Social Democrata, para reeleger José Manuel Bolieiro, a fim de continuar como Presidente do partido. Absolutamente de acordo, na medida em que é um homem sério e humilde, capaz de levar o partido a mais altos patamares!

Ressalvo no entanto uma afirmação do próprio, que me desgosta e, me faz pensar, que se continuasse como militante ativo e eleito para participar no congresso, apesar da simpatia que tenho por si, caro Dr. Bolieiro, pois teria o meu voto contra! E teria o meu voto contra, precisamente pelo facto de afirmar que em 2024 nos garante uma nova coligação com os atuais partidos, nomeadamente com aquele “enriça” a quem chamam de Rei do Corvo… Um pouco também com o CDS do momento, com o qual não nutro grande simpatia!

António Costa também formou uma “Geringonça” que funcionou uma legislatura e na segunda deu o que deu…

Sei que irão dizer que Francisco Sá Carneiro, fundador do PPD, do qual fui militante ativo, logo a seguir à sua fundação e, um dos fundadores da primeira sede do partido na ainda Vila da Praia da Vitória, também formou uma Aliança Democrática com os mesmos partidos de agora. Só que as circunstâncias eram outras, e os intervenientes nada tinham a ver com estes…

Me perdoem se estou sendo ofensivo, mas é isto que eu penso!

O problema muita vez desta gente, é que quando falam de Francisco Sá Carneiro como seu ídolo, ou ainda não tinham nascido, andavam de fralda, ou então na escola… Não conheceram o que era lutar politicamente com homens como Mário Soares e Álvaro Cunhal, duas raposas experientes, que bem sabiam o que queriam…

Sá Carneiro fundou o PPD para ser um “Partido Grande”! Não para estar sujeito às vontades ou caprichos de determinadas minorias, muitas vezes encarnadas de chantagismo…

Boa sorte Dr. Bolieiro!

Fernando Mendonça