LAGOA ASSINALA HOJE 500 ANOS DE VILA E SEDE DE CONCELHO E 10 ANOS DE CIDADE

A Lagoa, na ilha de São Miguel, assinala hoje, 500 anos de elevação a vila e sede de concelho e 10 anos de elevação a cidade. Este que é também o dia de Feriado Municipal no concelho, marca a abertura das comemorações oficiais da efeméride.

De acordo com nota da Câmara Municipal, a celebração inicia-se com a simbólica alvorada no edifício dos Paços de Concelho, pelas 07:00 horas, seguindo-se do hastear da bandeira e da entoação do hino pelas bandas filarmónicas lagoenses, Sociedade Filarmónica Estrela D´Alva e Lira do Rosário.

Mais tarde, pelas 16:00, no átrio do edifício dos Paços do Concelho, será inaugurada a exposição itinerante ao ar livre “Memórias Fotográficas do Concelho de Lagoa”, organizada pelo Museu de Lagoa-Açores. Trata-se

“Esta é uma mostra documental que resgata as memórias coletivas relacionadas com o concelho de Lagoa, através da exposição de 44 fotografias alusivas a paisagens costeiras e rurais, vistas de núcleos urbanos e construções, datadas entre o século XIX e XXI, permitindo fazer uma comparação entre o passado e o presente”, explica a nota municipal.

A exposição terá uma duração de nove meses, de abril a dezembro 2022, para além de percorrer as cinco freguesias lagoenses, irá descolar-se, igualmente, aos lugares de Atalhada e Remédios e a algumas cidades geminadas, nomeadamente aos Estados-Unidos da América e ao Canadá.

Previsto também para hoje está a sessão solene que irá decorrer, pelas 20:00, no auditório do Nonagon e que servirá para celebrar os 500 anos de elevação de Lagoa a vila e a sede de concelho e 10 anos de cidade.

A ocasião servirá, também, para a Autarquia prestar homenagem a todas as instituições/ associações do concelho de Lagoa, que até à data não receberam a Medalha de Mérito Municipal. Assim, serão entregues medalhas de mérito no âmbito Social, Desportivo, Cultural, Educação e Ciência e Comercial/Empresarial, perfazendo um total de 41 instituições do concelho que serão condecoradas pela edilidade.

No âmbito desta celebração será, igualmente, apresentada a medalha comemorativa dos 500 anos, elaborada pelo escultor João Duarte. Seguir-se-á uma palestra sobre História e Municipalismo, proferida pelo Professor Doutor João Paulo Oliveira e Costa, Professor Catedrático de História, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, da Universidade Nova de Lisboa.

A Lagoa foi elevada a vila e sede de concelho, em 11 de abril de 1522, por Carta Régia de D. João III, por ser, na altura, uma das melhores regiões agrícolas da ilha, onde predominavam as culturas do trigo, do pastel e do vinho e onde se verificava grande atividade económica no seu porto.

No século XVIII, a Lagoa aumentou significativamente a sua população, o que deu azo ao crescimento do parque habitacional com a construção de casas, solares, capelas e igrejas.

No século XIX dá-se início à industrialização, com o aparecimento das fábricas da cerâmica e da destilação do álcool, a que se junta no século XX, as fábricas de óleo vegetal, sabão e de ração para animais. Ainda neste século, a agropecuária e a pesca também ganharam expressão e o setor terciário passou a ser o principal empregador do concelho, predominando os serviços comerciais.

Já nos finais do século XX surgem investimentos diferenciados, de base científica e tecnológica, e também no setor turístico. À entrada do século XXI, na era da Comunicação e Tecnologia, a Lagoa aposta forte e com sucesso nesta área.

Fruto da sua trajetória ascendente a Lagoa foi elevada a cidade a 11 de abril de 2012.

© CML | Imagem: CML | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s