FECHO DE PONTA DELGADA AO TRÂNSITO É “INCONTORNÁVEL”, ASSEGURA PRESIDENTE DA CÂMARA

O presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Pedro do Nascimento Cabral, assegurou sábado que “é incontornável” a decisão de retirar o trânsito do centro histórico da cidade, como fazem outras cidades europeias.

“É incontornável mencionarmos a nossa decisão de retirarmos o trânsito do centro histórico da cidade, que vai permitir requalificar Ponta Delgada, tornando-a numa cidade ambientalmente mais sustentável, verdadeiramente entregue às pessoas, que permite uma cidadania inclusiva, defensora da preservação do seu património centenário e do comércio tradicional”, declarou o autarca.

O encerramento da baixa histórica da cidade de Ponta Delgada tem motivado reações a favor e contra dos munícipes e empresários, traduzidas em petições.

Pedro do Nascimento Cabral falava nas comemorações do 476º Aniversário de elevação de Ponta Delgada a cidade, sessão presidida pelo presidente do Governo dos Açores, José Manuel Bolieiro.

De acordo com o autarca, o objetivo é “instituírem-se novas dinâmicas económicas, sociais e culturais”, e uma cidade “claramente pronta para uma fase incontornável de transição digital incontornável para o desenvolvimento na próxima década”.

“Queremos uma Ponta Delgada emancipada, conscienciosa, na senda das cidades Europeias, centenárias, mas modernas e inteligentes”, disse, para salvaguardar que “atualmente, esta apresenta um conjunto de desafios próprios de um concelho no qual subsiste uma perspetiva rural muito vincada, que caracteriza e pretende-se preservar, aliada a uma extensão urbana que exige acompanhar o desenvolvimento das grandes cidades nacionais e europeias”.

Para o presidente do maior município dos Açores, “os cidadãos e empresários têm confiança no futuro de Ponta Delgada”, o que “efetiva-se nos números que o REVIVA – Programa de Reabilitação Urbana do centro histórico da cidade e freguesias atingem”.

São “cerca de um milhão e cem mil euros que o município transformou de pura receita em valioso apoio a quem aderiu a este programa, somente em 2021, encontrando-se o presente ano em idêntico, para não dizer superior, ritmo de investimento”.

O autarca insistiu na “necessidade de se criar ou requalificar uma via, naturalmente adaptada às condições morfológicas em causa, entre a freguesia dos Mosteiros e a zona urbana da cidade, para melhorar os acessos às freguesias do lado ocidental de Ponta Delgada e da ilha de São Miguel”.

Pedro Nascimento Cabral referiu que a Câmara Municipal de Ponta Delgada está a trabalhar “com todo o vigor na implementação de uma Estratégia Local Integrada de combate à pobreza, respeitando o primeiro objetivo que deve presidir às opções políticas de uma administração verdadeiramente ao serviço dos seus concidadãos”.

© Lusa | Fotos: CMPD | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s