GOVERNO REGIONAL DOS AÇORES ASSOCIOU-SE À COMEMORAÇÃO DO DIA MUNDIAL DA ÁGUA

Comemorou-se esta terça-feira, 22 de março, o Dia Mundial da Água, instituído desde 1993, no âmbito da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento e Ambiente, subordinado ao tema “Águas subterrâneas – tornando o invisível visível”.

Para o secretário regional do Ambiente e Alterações Climáticas, Alonso Miguel, citado em nota publicada no portal internet do Governo dos Açores, “é fundamental promover e concretizar o uso sustentável, equilibrado e equitativo da água”.

“Na realidade, a qualidade da água é uma das questões fundamentais na gestão dos recursos hídricos da região e uma das grandes prioridades estratégicas da Secretaria Regional do Ambiente e Alterações Climáticas”, sustenta.

Alonso Miguel anunciou estarem já concluídos os processos de revisão do Programa Regional da Água e do Plano de Gestão da Região Hidrográfica dos Açores, estando a ser também desenvolvido o Plano de Gestão de Secas e de Escassez de Água, dando cumprimento a uma das medidas definidas no Programa Regional para as Alterações Climáticas.

O secretário regional do Ambiente e Alterações Climáticas anunciou ainda a criação de um novo Programa de Apoio ao Tratamento da Água Destinada ao Consumo Humano, através da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos dos Açores, que terá um valor global de 400 mil euros, só para esta legislatura”.

Este ano, a Secretaria Regional do Ambiente e Alterações Climáticas decidiu também aumentar em 50% os valores de comparticipação no âmbito do Programa de Apoio à Avaliação do Balanço Hídrico e Controlo de Perdas de Água, que visa contribuir para reforçar do desempenho das entidades gestoras ao nível dos indicadores de qualidade dos serviços, nomeadamente no que concerne à água entrada no sistema, à água fornecida para distribuição e perdas de água.

Por outro lado, entre 2022 e 2023, o departamento do Governo Regional com competência em matéria do ambiente irá desenvolver um projeto, no Âmbito do REACT-EU, para Melhoria do Conhecimento da Localização e do Estado de Conservação dos Solos Orgânicos e Turfeiras, que representa um investimento de 2,2 milhões de euros, e que permitirá proceder à recuperação e restauro de turfeiras e solos orgânicos, o que, adicionalmente, dará um importante contributo para o aumento da capacidade de sequestro de carbono da atmosfera na região.

Considerando que “ao longo dos anos tem-se verificado uma evolução muito positiva relativamente à valorização do recurso Água e uma maior preocupação e consciência ambiental por parte da população, sobretudo dos mais jovens”, Alonso Miguel referiu ainda que a Secretaria Regional do Ambiente e Alterações Climáticas irá promover uma atividade de âmbito regional, com uma visita, no próximo sábado, dia 26 de março, a ribeiras de todas as ilhas.

© GRA | Imagem: DR | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s