SEI O QUE O PSD FEZ NA LEGISLATURA PASSADA

Alexandra Manes

Não fosse tão grave, seria anedótico quantificar e enumerar as incoerências do PSD – um partido que, em legislaturas passadas, se apresentava como um partido do contra e que nada satisfazia as e os senhores deputados.

Eram os tempos em que o PSD dissimulava o desrespeito pelas e pelos trabalhadores, desta região. O tempo em que sendo oposição apontava o dedo a todas as medidas políticas e às injustiças que se faziam e se fazem sentir.

Na semana passada, e no alto da sua sapiência, decidiu o Sr. Deputado Joaquim Machado dedicar uma parte considerável do seu artigo ao Bloco de Esquerda. É bom sinal! Sinal de que estamos a fazer, e bem, o nosso trabalho.

O que Joaquim Machado se esqueceu foi do registo que existe no site da Assembleia que nos permite aceder a todas as propostas atuais e…de legislaturas passadas.

E é aí que se percebe que o PSD, em tempos idos, reclamava sempre mais da tesouraria pública…

Mas, também, com uma breve leitura pelo programa eleitoral e revendo as ações de campanha, do PSD, se percebe que entre o agora e o antes há uma diferença abismal. Era tudo e já. Agora é vai-se resolver…talvez.

E não é que o PSD, em 2019, considerava a situação  dos Técnicos Superiores das IPSS e Misericórdias uma injustiça a resolver? Apresentou, inclusive, um projeto de resolução com o objetivo de corrigir a situação destas e destes trabalhadores que prestam serviço permanente à administração pública regional com menores salários e subordinados às chefias da administração regional.

Era de tal ordem injusto que o PSD apresentou um projeto de resolução com urgência!! Para que esta  injustiça fosse resolvida com a maior celeridade possível!!

Com o PSD atual, pelo artigo de Joaquim Machado e pelo voto CONTRA do PSD à proposta do BE, apresentada em sede de Plano e Orçamento, para a solução deste problema, – integração na Administração Pública Regional dos técnicos superiores que pertencem a Instituições Particulares de Solidariedade Social e desempenham funções no Instituto da Segurança Social nos Açores – deixou de ser uma urgência e passou a ser um…talvez se resolva!

O retrato atual do PSD é o de um grupo de pessoas, com propostas avulso, correndo atrás do prejuízo, sem capacidade para a dinamização tão necessária à nossa região! E, ainda, com lapsos de memória.

Não, não somos arrogantes! Somos coerentes! Não dizemos uma coisa e fazemos outra! Nem andamos ao “sabor do vento”, conforme dá jeito.

Alexandra Manes
Deputada pelo BE à ALRAA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s