PSP DETÉM HOMEM POR VIOLÊNCIA DOMÉSTICA EM PONTA DELGADA

A Polícia de Segurança Pública (PSP) através da Esquadra de Investigação Criminal de Ponta Delgada, procedeu à detenção de um homem, com 45 anos, na freguesia das Feteiras, do concelho de Ponta Delgada, por suspeitas da prática do crime de “violência doméstica”, informou hoje o Comando Regional dos Açores.

Diz a PSP, que no âmbito de uma investigação, a cargo da Equipa Especializada de Violência Doméstica, “foram realizadas diversas diligências que permitiram aos investigadores a recolha de indícios da prática de várias condutas violentas cometidas pelo suspeito ao longo de vários meses em que manteve um relacionamento de namoro com a vítima”, dos quais destaca a PSP “vários incidentes motivados pelo controlo excessivo do agressor quanto à rotina diária da ofendida”.

A PSP adianta que decorrente das várias diligências efetuadas, foi “ainda possível verificar um notório e recente agravamento da violência exercida pelo suspeito, circunstâncias evidenciadas por episódios de agressões físicas, perseguições e ameaças de morte dirigidas à ofendida”.

Perante o agravamento evidenciado pelo suspeito e encontrando-se em perigo a integridade, saúde e bem-estar da vítima, foram concretizadas diligências investigatórias e processuais urgentes em estreita articulação entre a PSP e o Ministério Público de Ponta Delgada que vieram a culminar com a detenção do arguido.

Após ter sido sujeito a primeiro interrogatório no Tribunal de Ponta Delgada ficou determinado que o “arguido aguardará os ulteriores termos do processo sujeito a prisão domiciliária com recurso a pulseira eletrónica e ainda proibido de qualquer tipo de contato com a vítima”.

No comunicado, o Comando Regional da PSP dos Açores relembra que a “violência doméstica se trata de crime de natureza pública e que pela sua gravidade e complexidade integra, o lote de crimes de prevenção e investigação prioritária, revelando-se, assim, obrigatória a denúncia às autoridades de todas as circunstâncias passíveis de enquadrar este flagelo criminal com expressão significativa em todo o território nacional”.

© CR-PSP-A | Foto: CR-PSP-A | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s