VÂNIA FERREIRA: DÍVIDA DA CMPV CRESCEU EM 2021 MAIS DE QUATRO MILHÕES DE EUROS

No período compreendido entre 01 de janeiro e 15 de outubro de 2021, a Câmara Municipal da Praia da Vitória (CMPV) acumulou em dívida 4.480.934,37 (quatro milhões, quatrocentos e oitenta mil, novecentos e trinta e quatro euros e trinta e sete cêntimos), revelou esta segunda-feira, na sessão extraordinária da Assembleia Municipal, na Academia da Juventude da Ilha Terceira, a presidente Vânia Ferreira.

No âmbito da apresentação do relatório de contas intercalares 2021, a edil referiu que as receitas contabilizam 9.119.280,52 euros e as despesas atingem os 13.600.214,89 euros, havendo um aumento da dívida de 2.734.544,33 euros quando comparado com o período de janeiro a setembro de 2020.

Ainda segundo as contas apresentadas pela presidente, a CMPV apresenta, até 15 de outubro (data da sua tomada de posse), um passivo de 14,64 milhões de euros, destacando-se um aumento no valor da dívida a fornecedores.

Vânia Ferreira, citada em nota do município diz, que “estes valores espelham a real situação financeira do Município, comprometendo de forma grave o orçamento para 2022. Esta situação obriga-nos a nós, enquanto executivo municipal, a repensar um conjunto de prioridades, no sentido de salvaguardar todos os envolvidos da melhor forma possível perante esta nova realidade”.

“Continuaremos a trabalhar com afinco e confiança na construção de um futuro que se pretende coeso e preparado para fazer face às adversidades que possam surgir. Apesar dos desafios que se impõem, estamos unidos e temos a certeza de que este Concelho irá mais longe na persecução daqueles que são os objetivos a que nos propusemos”, refere a presidente social-democrata.

Este relatório, referente aos últimos dez meses, realiza-se por exigência do Tribunal de Contas, sempre que haja no mesmo ano económico uma mudança dos responsáveis por uma entidade, algo que se verificou com a mudança de executivo municipal na CMPV, que passou do PS para a coligação PSD/CDS-PP.

Bandeira de campanha da atual edil, reiterada na própria noite da vitória eleitoral autárquica, a auditoria externa à contas do município deverá arrancar em breve, sendo que neste momento, estão “a ser agilizados os procedimentos com os cadernos de encargos para que a mesma seja adjudicada”.

Na reunião camarária do passado dia 03 de novembro, Vânia Ferreira, informou os vereadores do PS, que para além da auditoria financeira, o executivo que lidera pretende também lançar, paralelamente, uma auditoria aos recursos humanos, “no sentido de poderem ter uma maior orientação de modo a perspetivarem melhor a situação de internalização”.

© GC-MPV | Foto: GC-MPV | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s