TERCEIRA AUMENTA REDE DE TRILHOS PEDESTRES EM 45 QUILÓMETROS

A Ilha Terceira aumentou a sua rede de percursos pedestres em cerca de 45 quilómetros com as recentes inaugurações da Grande Rota do Oeste e do percurso pedestre Malha Grande – Biscoitos.

No passado dia 21 de agosto, a inauguração da Grande Rota do Oeste, promovida pela Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, contou com a presença da diretora regional do Turismo, Rosa Costa, que elogiou a criação da primeira Grande Rota desta ilha com uma extensão de 31,2 quilómetros e que percorre a zona oeste da ilha, num percurso linear que liga a Reserva Florestal de Recreio da Lagoa das Patas à Reserva Florestal de Recreio da Mata da Serreta.

Nessa mesma inauguração, a diretora regional anunciou igualmente que a ilha Terceira tem já cerca de 80% da sua rede coberta pelo Plano Rápido de Intervenção e Socorro, conhecido como PRIS, devendo ficar concluída a cobertura até final do presente ano.

No dia 24 de agosto foi igualmente inaugurado pela Junta de Freguesia dos Biscoitos o percurso pedestre Malha Grande – Biscoitos, com cerca de 14 quilómetros de extensão.

Trata-se de dois percursos homologados na reunião da Comissão de Acompanhamento dos Percursos Pedestres do passado dia 16 de junho, tendo a Direção Regional de Turismo, junto com os respetivos promotores, colocado toda a sinalética, painéis informativos e informação no site oficial trilhos.visitazores.com, com o objetivo de aumentar a oferta deste produto ainda no verão em curso.

A ilha Terceira passa a contar agora com 10 percursos pedestres com uma extensão total de 98,8 quilómetros, o que corresponde a um aumento de 45 quilómetros de novos caminhos.

Pelo seu especial enquadramento com os desígnios da sustentabilidade, dos princípios do ecoturismo, do turismo cultural e do turismo de aventura, associados à nossa identidade turística de Destino de Turismo de Natureza, o pedestrianismo é um dos produtos turísticos mais consolidados nos Açores, assumindo-se ainda como um excelente promotor para a redução da sazonalidade, para a descentralização dos turistas ao longo do território e para a redução da pressão turística nas zonas mais procuradas.

Atualmente a rede regional de percursos pedestres integra 95 percursos homologados pelo Governo Regional, dos quais sete são grandes rotas, perfazendo uma extensão total de 830 quilómetros, sendo que a sua gestão assenta numa lógica de parceria participada e concertada entre diversos setores da administração pública, desde as Direções Regionais do Turismo, do Ambiente e Alterações Climáticas, dos Recursos Florestais, das Obras Públicas, às Autarquias e Juntas de Freguesia, bem como do sector privado, nomeadamente Associações e Empresas de Animação Turística, Agências de Viagens e de um modo geral todo o ‘trade’.

© GRA | Foto: CMAH | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s