À ESQUERDA PARA O FUTURO

Alexandra Manes

Após anos ouvindo e lendo a morte e o enterro do BE/Açores, e ainda com medidas restritivas devido ao cenário pandémico, realizou-se, em Ponta Delgada, a VII  Convenção Regional do Bloco de Esquerda.

Um momento que contou com a presença de delegadas/os eleitas/os para debate e votação das medidas políticas que norteiam o futuro.

Um momento, também, de reflexão que nos permitiu constatar que o Bloco, nos Açores, construiu e continua a construir o seu caminho, implementando-se no cenário regional, com politicas que se batem pela justiça social, na nossa região, que se marca, essencialmente, pela elevada taxa de pobreza, de desigualdades sociais e de abandono  escolar precoce.

Passado mais de um ano com este cenário pandémico, assistimos a avanços e recuos, a momentos de grande desorganização na gestão desta situação que nos aflige a todas e todos, e com um palco político virado à direita, no qual as portas foram abertas à extrema direita, mantemos a nossa postura – o que fomos há quatro anos, somos agora -, as nossas propostas, as criticas construtivas, porque queremos fazer mais e melhor por esta região.

Os Açores encontram-se num palco onde o atual Governo Regional sobrevive numa coligação que prefere insuflar egos do que apresentar medidas que propiciem uma região mais solidária, mais igual, sem estigmas, sem preconceitos. Uma região para todas e todos.

Assistimos a um Governo Regional que se submete às encenações do Mor da extrema direita, que do território continental manda, desmanda, ameaça com rupturas…a esta política só temos uma resposta: Propostas de esquerda!

 Foi neste contexto que a VII Convenção Regional contou com as intervenções e moções de um grupo de jovens, o que me encheu de satisfação e orgulho. Satisfação porque o futuro faz-se com jovens! Orgulho porque sinto em cada um/a deles/as um pouco de mim! Porque os/as apoiei sempre no sentido de se organizarem e permitirem que as suas vozes fossem audíveis e escutadas!

Estes e estas jovens são a prova de que estamos no caminho certo e de que conseguimos agregar a juventude às nossas políticas! São a prova de que as nossas e os nossos jovens vêem no BE um caminho com futuro.

Desengane-se quem pensa que facto de haver uma única moção de orientação global, é sinal de que não haja pluralidade. A moção “Combater as desigualdades, construir o caminho à esquerda”  contou com o contributo de muitas pessoas. Escreveu-se a várias mãos!

Uma moção que vai ao cerne de todas as problemáticas nos Açores! Que se compromete com a luta por um Serviço Regional de saúde mais forte, com uma resposta certa e atempada às pessoas. Que se pauta pelas políticas de emprego: estabilidade, igualdade, inclusão e coesão.

Que se pauta por colocar o clima, o ambiente, a sustentabilidade como prioridades! Que anseia  por melhor autonomia e mais democracia! Por uma política de transportes que promova a coesão territorial. Pelo direito à criação e fruição cultural! Por um  investimento na oferta pública de habitação a preços acessíveis. Investir na Educação para quebrar o ciclo das desigualdades!

Foram eleitas/as as/os dirigentes e o coordenador do BE/Açores. O futuro começou ontem com as/os que já cá estão e com todas/os que virão.

O futuro delineou-se ontem e constrói-se todos os dias! Pela Democracia, sempre! À esquerda para o futuro!

Alexandra Manes
Deputada na ALRAA pelo BE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s