CABO DA PRAIA: CASA DO CAMPONÊS OFICIALMENTE INAUGURADA

A “Casa do Camponês”, na Canada da Ribeira, freguesia do Cabo da Praia, foi no final da manhã de ontem, 10 de junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, oficialmente inaugurada, numa cerimónia que contou com a presença do secretário regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses, do presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Tibério Dinis, da presidente da Junta de Freguesia do Cabo da Praia, Mônica Brum, entre outras individualidades.

A “Casa do Camponês” resulta de um projeto apresentado pela junta de freguesia local, destinado a requalificar uma casa em ruínas, que foi candidato aos fundos europeus geridos pela GRATER – Associação de Desenvolvimento Local das ilhas Terceira e Graciosa, dando lugar a um novo espaço de memória, educação e turismo.

Assim, a “Casa do Camponês” é um pequeno núcleo museológico que recorda os ofícios mais antigos e as artes e fazeres ligados ao cultivo da terra. Conta ainda com uma Quinta Pedagógica, que disponibiliza espaços verdes, animais, árvores de fruto e hortas.

O projeto representou um investimento de cerca de 80 mil euros, financiado por fundos comunitários através da GRATER, com o apoio da Camara Municipal da Praia da Vitória e do Governo Regional dos Açores.

Na ocasião e de acordo com nota da Secretaria Regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses, referiu, lembrando a efeméride do Dia de Portugal, que “é importante celebrar, a par da identidade, aquilo que somos, o que nos torna distintos e o que nos valoriza”. O governante relevou a importância do espaço acabado de inaugurar “como testemunho de celebração da coesão comunitária e identidade”.

O secretário regional da Saúde e Desporto saudou ainda a capacidade revelada de congregar parcerias para a concretização de uma obra que “dignifica os fundos disponibilizados pelas entidades parceiras, criando um espaço de convivência e vida saudáveis, como, de resto, preconiza a política da atual Secretaria da Saúde e Desporto, que propõe uma inversão da perspetiva da saúde nos Açores, no sentido de que vale mais prevenir do que curar”.

Nesse âmbito, o governante reiterou a “aposta clara na literacia em saúde”, e em programas, por exemplo, de nutrição, nas escolas e em outras áreas da sociedade, bem como de programas de combate a dependências. Por fim, destacou a iniciativa da criação de um programa interdisciplinar de combate às dependências “no qual as autarquias vão ter também papel essencial”, frisou.

A presidente da Junta de Freguesia do Cabo da Praia, Mônica Brum, justificou o projeto, com a necessidade da criação de um espaço de memória da comunidade, que seja também pedagógico.

© SRSD | Foto: SRSD | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s