MARCOS COUTO RENUNCIA AO CARGO DE VEREADOR NA CÂMARA DE ANGRA DO HEROÍSMO

O vereador eleito pelo PSD à Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, Marcos Couto, entregou, esta sexta-feira, a sua renúncia de mandato, considerando a sua recente eleição como presidente da Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo, justificando a decisão com “a necessidade de separar as funções sem colocar em causa os legítimos interesses dos Angrenses e dos empresários das ilhas Terceira, São Jorge e Graciosa”.

Marcos Couto foi candidato à Presidência do Município de Angra do Heroísmo nas eleições autárquicas de 2017, liderando um projeto que pretendia, recorda o mesmo em nota de imprensa, “contribuir para um ato de libertação de uma ilha, de uma cidade e de uma terra, que têm de ter uma voz ativa na defesa da sua diferença”, saindo, quatro anos depois, para novas funções de representação da ilha, “com o sentimento de dever cumprido e de não ter defraudado as expetativas de todos quantos se reviram no projeto político ‘Levante-te Angra’ e de todos os que nele votaram”.

“Ao longo dos últimos quatro anos, os vereadores do PSD eleitos à Câmara Municipal de Angra do Heroísmo reformularam a forma de ser oposição na Autarquia, estreitando laços com o executivo municipal liderado pelo PS, contribuindo para muitas das boas medidas e investimentos que se tem vindo a realizar no Concelho”, diz, salientando que “ao longo deste mandato, fomos sempre – às vezes até fomos a única – voz que se levantou contra os atentados políticos que se pretendiam perpetuar para a ilha, contra as políticas bairristas e centralistas que prejudicavam a Terceira, cumprindo com o que tínhamos assumidos com os angrenses”.

“Agradecendo o trabalho e empenho de todos os autarcas que foram eleitos pelas listas do PSD há quatro anos”, Marcos Couto frisa que, “apesar de não ter sido possível resolver muitos dos problemas estruturais de desenvolvimento da ilha, como as principais questões relacionadas com transportes e acessibilidades”, deixa as funções de Vereador “com o sentimento de dever cumprido”.

“Pela forma como sempre defendemos Angra do Heroísmo e a Ilha Terceira, na questão dos transportes, na questão da radioterapia, na questão do desenvolvimento e crescimento do setor turístico, entre outros, fomos o que dissemos que iriamos ser, ou seja, apresentámo-nos como uma candidatura que queria trazer desenvolvimento a Angra do Heroísmo e à Ilha Terceira, que queria ser a voz ativa na recuperação da nossa autonomia, e contra a hegemonia de um poder que, até agora, só nos prejudicou, e julgo que conseguimos cumprir os nossos objetivos sem defraudar todos os que em nós acreditaram e depositaram a sua confiança”.

Apontando medidas, “porventura menos visíveis”, Marcos Couto destaca que “o desenvolvimento de uma oposição construtiva, ajudou a que a relação com o presidente Álamo Meneses e o seu restante executivo fosse encarada como a melhor estratégia na defesa e valorização de Angra e da Terceira”, assumindo que “votamos sempre favoravelmente os Orçamentos socialistas para o Município porque eles sempre incluíram propostas apresentadas pelos eleitos do PSD”.

Exemplificando, Couto refere que “o prolongamento até à Silveira da obra de proteção da orla costeira do Fanal; a manutenção do Mercado Municipal onde está, com estacionamento subterrâneo, desistindo-se a ideia de construção de um novo mercado no Bailão; a construção de parques de estacionamento de dois pisos junto à Fanfarra e no Parque da Queimada, atrás da Escola do Alto das Covas (investimentos cujos projetos estão em andamento); a criação do Parque Histórico e Natural da ilha Terceira no Monte Brasil, através de protocolos de colaboração celebrados com várias entidades; alterações substanciais ao Regulamento Municipal de Bolsas a estudantes, no intuito de melhorar a sua eficácia e abrangência”, entre muitas outras, “foram propostas do PSD nas reuniões de Câmara que promoveram os devidos consensos na senda do desenvolvimento da nossa terra”.

Marcos Couto assumiu esta quinta-feira, 29 de abril, funções de Presidente da Direção da Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo, deixando a Vereação do PSD na Câmara Municipal de Angra aos eleitos Miguel Bezerra e Rita Olaio Andrade.

© GI-VPSD-AH | Foto: GI-VPSD-AH | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s