PSD/TERCEIRA: VENTURA E MENESES DEVERÃO DISPUTAR A LIDERANÇA DA COMISSÃO POLÍTICA DE ILHA

A liderança da Comissão Política da Ilha Terceira do PSD vai ser disputada por dois secretários regionais do atual Governo Regional dos Açores: António Ventura e Clélio Meneses, foi hoje anunciado.

O atual secretário regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural, António Ventura, ocupa o cargo desde 2018 e garantiu, em declarações à Lusa, que se vai recandidatar, mas o secretário regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses, também disse estar a ponderar avançar com uma candidatura.

“Está a ser ponderada essa possibilidade, na sequência de pedidos de muitos militantes que entendem que é importante uma nova fase do partido na ilha Terceira e, de facto, entendo que posso dar esse contributo”, avançou Clélio Meneses, em declarações à Lusa.

O dirigente social-democrata defendeu que o PSD/Terceira tem de ser “cada vez mais forte, mais agregador, no sentido de ser uma força política com cada vez maior credibilidade junto da população”.

“Estamos a viver num tempo em que o PSD tem funções governativas e o partido tem de ser um contributo ativo, positivo, para que o Governo preste cada vez melhores soluções à população. Temos um período também de eleições autárquicas. O PSD tem essa responsabilidade acrescida”, frisou.

O social-democrata admitiu que o partido está dividido na ilha Terceira, por isso, disse que a sua candidatura terá uma “perspetiva de agregar, de unir, de reforçar, de consolidar a participação que o PSD pode e deve ter como uma referência da sociedade”.

“É óbvio que houve uma clara divisão do partido, no sentido da exclusão de militantes do partido da atividade política. É óbvio que aconteceu isso, é evidente, é uma realidade que não se pode negar. O meu pressuposto é exatamente o de unir”, frisou.

Clélio Meneses disse mesmo estar disponível para procurar consensos com outras candidaturas.

“Estou disponível para se encontrar uma solução que seja uma lista única agregadora e de compromissos”, apontou.

António Ventura garantiu, por seu lado, que se vai recandidatar e manifestou-se surpreendido com o anúncio da candidatura do colega de governo.

“Não consigo perceber. Depois da vitória que nós tivemos, parece que o lugar ficou apetecível agora. Depois de termos ganho as eleições como ganhámos, os lugares parece que ficaram apetecíveis. Gostava era de saber onde é que estiveram essas pessoas a trabalhar para o PSD no último ato eleitoral”, afirmou.

António Ventura disse que “cada militante é livre de apresentar as suas candidaturas”, mas lembrou que venceu as últimas eleições à CPI da Terceira com mais de 70% dos votos.

“Claro que eu vou avançar com uma candidatura, porque nós tivemos um bom resultado nas eleições regionais, passámos de três para quatro deputados e queremos transpor esse resultado para as eleições autárquicas, por isso faz todo o sentido que a gente continue”, frisou.

“Temos muita proximidade e conhecimento nas freguesias, em resultado do último ato eleitoral, em que contactámos diretamente com as pessoas, fizemos mais militância e, portanto, estou em melhores condições de levar o partido a novas vitórias”, acrescentou.

As eleições para os órgãos de ilha do PSD na Terceira estão agendadas para 06 de março.

Em 2018, António Ventura venceu o ato eleitoral com 73% dos votos, concorrendo contra Jorge Silva, e Clélio Meneses encabeçou uma lista única ao conselho jurisdicional.

© Lusa | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s