PRESIDENTE DO GOVERNO DESTACA IMPORTÂNCIA DO SETOR PRIMÁRIO PARA A SUSTENTABILIDADE ECONÓMICA, SOCIAL E AMBIENTAL DA REGIÃO

O presidente do Governo afirmou hoje, em Ponta Delgada, que o setor primário é decisivo para a economia regional, precisamente ao nível da sustentabilidade ambiental, económica e social.

“Com uma boa orientação, sob o ponto de vista da comercialização interna e consequente exportação, podemos ajudar a nossa sociedade, a nossa economia, os nossos produtores e a nossa indústria”, garantiu José Manuel Bolieiro.

Após uma audiência com o Conselho de Administração da Unileite, no Palácio de Sant’Ana, o chefe do Executivo açoriano referiu que “a excelência do nosso produto e da nossa capacidade produtiva deve ser uma mais-valia para tranquilizar o consumidor a ter preferência no que é nosso.”

“Confio, enquanto presidente do Governo e enquanto cidadão, na excelência do nosso produto lácteo”, frisou, adiantando que é preciso “ter a capacidade reformista para traçar linhas de orientação para o futuro no setor primário, designadamente na fileira do leite.”

“Quero incluir todos no diálogo e na concertação para que possamos definir políticas públicas compatíveis com o presente, com as suas dificuldades e com as suas potencialidades”, acrescentou.

De acordo com o presidente do Governo, “é preciso definir estratégias relativamente à diminuição dos custos de contexto para a produção, transformação e expedição do produto, assim como é necessário valorizar a receita do produto vendido, e com isso conseguir equilíbrios na distribuição de rendimento entre estes três segmentos desta cadeia de negócio: o produtor, o industrial e o comercial.”

José Manuel Bolieiro sublinhou, na ocasião, que é fundamental “equidade, justiça e solidariedade” entre produção, transformação e comercialização, sendo que o Governo está disponível para ser “um parceiro auxiliar destes entendimentos e desta melhoria de rendimentos para todos.”

“Devemos apostar numa melhoria do rendimento dos produtores, não só baseada no aumento da produção, mas também na qualidade do rendimento”, assegurou Bolieiro.

“O novo período de programação financeiro de apoio para a economia 2020-2027, assim como o instrumento de Recuperação e Resiliência da União Europeia serão importantes para garantir esses objetivos”, concluiu.

© GaCS/BP| Foto: GaCS/Miguel Machado | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s