RADIOTERAPIA LEVA GOVERNO A ESCONDER-SE E OPOSIÇÃO A CALAR-SE NÃO DEFENDENDO A TERCEIRA, ACUSAM VEREADORES DO PSD EM ANGRA DO HEROÍSMO

Apesar de terem anunciado que se manteriam afastados da vida política até às próximas eleições Regionais, os Vereadores do PSD na Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, Marcos Couto e Miguel Bezerra, voltam à carga por causa do dossier radioterapia na Terceira, acusando o Governo Regional de se esconder e a oposição de se calar.

“Sendo verdade que, na nossa última intervenção pública sobre este tema, tínhamos prometido que nos iríamos manter afastados da vida política até as eleições Regionais, por não sermos intervenientes neste ato, a verdade é que a forma como o Governo socialista continua a lidar com o processo e a total ausência de quem, na oposição, nos defenda, obriga-nos a tomar posição sobre mais este desrespeito pela ilha Terceira”, justifica Marcos Couto.

Em causa, alega, estão as mais recentes notícias que dão conta de que a empresa Quadrantes, do Grupo Joaquim Chaves, a quem foi entregue a concessão dos serviços de tratamento de radioterapia nos Açores, ter revelado que a radioterapia na Terceira “é um assunto encerrado”, voltando a insistir que não existe número de doentes suficientes na ilha para a abertura de um serviço desta especialidade no Hospital da Terceira.

Ora, os eleitos social-democratas no Município angrense, perante o anúncio “feito pela empresa e não assumido pelo Governo Regional do PS”, dizem ter que “manifestar, mais uma vez, total indignação”, acusando o executivo açoriano de “se esconder atrás da empresa Quadrantes, em vez de dar a cara e assumir aos Terceirenses que é o PS e o seu Governo que não querem a radioterapia a funcionar na ilha”.

No entanto, acrescenta Marcos Couto, “se o PS e o Governo Regional se escondem para não assumir esta responsabilidade, porque estamos a poucos dias de eleições Regionais, não podemos deixar de intervir nesta matéria, denunciando mais este embuste socialista aos terceirenses, porque não há ninguém, nomeadamente da oposição, que assuma a defesa desta ilha e das suas gentes”.

Couto recorda as funções que desempenhou enquanto Presidente da Mesa da Saúde da Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo, antes de assumir funções na Autarquia, para afirmar, perentoriamente, que “tendo acompanhado, por dentro e desde o seu início, todo este processo conheço-o como poucos, pelo que posso garantir aos Terceirenses que o que a empresa Quadrantes vem agora dizer não é verdade e que esta é uma decisão exclusiva do Governo Regional que se está a esconder atrás da empresa para não assumir algo que pode prejudicar o resultado eleitoral do PS no próximo dia 25 de outubro”.

“Ao esconder-se atrás da empresa, o Governo socialista tenta desresponsabilizar-se de uma decisão que, diga-se, já tomou há muito tempo, ou seja, não abrir um serviço de radioterapia na Terceira, apesar de ter gasto já quase dois milhões de euros neste processo. O fim do processo de abertura do Centro Radioterapia no Hospital da ilha Terceira, agora comunicado pela Quadrantes, não é uma decisão empresarial, mas sim uma decisão encomendada pelo Governo Regional, para ser anunciada pela empresa, tentando, desta forma, desresponsabilizar-se”, acusam Couto e Bezerra.

Provando as acusações, os vereadores do PSD, relembram que “o contrato com a empresa Quadrantes, desde o seu início, prevê a abertura do Centro de Radioterapia na Ilha Terceira”, pelo que exigem saber “se, efetivamente, a decisão de não abrir o serviço na Terceira é mesmo da empresa quais serão as penalizações a aplicar pela Região?”.

Mais, acrescentam, “a abertura do Centro de Radioterapia na Ilha Terceira foi, sucessivamente, anunciada pelos diferentes Secretários Regionais da Saúde, Domingos Cunha, Miguel Correia e Luís Cabral, todos do PS, sendo que é uma promessa eleitoral deste Partido para a Ilha Terceira e para com os Terceirenses, que é feita desde 2007”. Por fim, Marcos Couto e Miguel Bezerra, insistem que “a casuística, não é, nem nunca foi, como anteriormente denunciamos, um problema sendo que, mais uma vez, o Governo dos Açores está a enganar os Terceirenses”.

Assim, e concluindo, os eleitos da oposição na Câmara Municipal de Angra, dizem que “este é o tempo dos candidatos pela Terceira, dos diferentes partidos que concorrem às eleições de 25 de outubro, mostrarem, a quem os elege, as razões pelas quais os devem escolher”, frisando que “a Terceira está cansada de ser enganada” e que “os candidatos do PS pela Terceira têm que explicar, a todos nós, a razão para esta decisão, não se escudando na casuística, argumento já amplamente desmontado”.

© V-PSD-AH | Foto: V-PSD-AH | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s