TERCEIRA TECH ISLAND REFORÇA POSIÇÃO DOS AÇORES NAS ÁREAS EMERGENTES DA ECONOMIA, DESTACA VASCO CORDEIRO

O Presidente do Governo inaugurou hoje o polo tecnológico da Altice Labs na Praia da Vitória, integrado no Terceira Tech Island, um projeto que já integra 22 empresas e que fortalece a posição dos Açores em áreas emergentes da economia ligadas à tecnologia e à inovação.

“Se é certo que o Terceira Tech Island surgiu, numa primeira fase, como uma forma de colmatar o impacto social e económico do redimensionamento das forças norte-americanas na Base das Lajes, é importante notar que hoje este projeto ganhou raízes bem mais profundas do que apenas a reação a esse acontecimento”, afirmou Vasco Cordeiro.

Segundo disse, ao longo dos últimos três anos, o Terceira Tech Island tem registado uma evolução significativa, alicerçando-se atualmente numa “estratégia em que, a partir da ilha Terceira, os Açores acabam por fortalecer a sua posição em áreas ligadas às tecnologias e à inovação”.

Depois de salientar os resultados da parceria com a Altice, o Presidente do Governo adiantou que o Terceira Tech Island já conta 22 empresas instaladas na Praia da Vitória, abrangendo um total de 170 postos de trabalho.

De acordo com Vasco Cordeiro, nos últimos três anos, apenas nesta ilha, os projetos tecnológicos já criaram mais de 370 postos de trabalho, ligados ao Terceira Tech Island, mas também ao TERINOV e ao Rook Tecnology, projetos que garantiram a instalação de mais de quatro dezenas de empresas na Terceira.

“Isso, à nossa escala, dá bem nota, não apenas da intenção dessa aposta, mas também dos resultados efetivos que essa aposta tem apresentado”, destacou o Presidente do Governo.

Esta estratégia regional não se esgota no Terceira Tech Island e nos Parques de Ciência e Tecnologia dos Açores, assegurou Vasco Cordeiro, ao salientar que a situação derivada da pandemia de COVID-19 veio, aliás, evidenciar as áreas em que a Região pode progredir cada vez mais em termos de fortalecimento da sua economia, através de uma aposta forte nas novas tecnologias.

Nesse sentido, destacou o projeto Atelier do Código, que o Governo dos Açores lançou no ano passado, e que se destinada a permitir a todos os alunos do 1.º e do 2.º ciclo um contacto com a linguagem computacional e de programação nas escolas.

“Este projeto acaba por ser uma peça fundamental nesta estratégia de fortalecer a nossa capacitação. É também por aí, num conjunto vasto de indicadores, que podemos dar um salto significativo quanto à qualificação da sociedade”, referiu Vasco Cordeiro.

O Presidente do Governo destacou, também, a dinâmica empresarial que se verifica na ilha Terceira, salientando que o atual Sistema de Incentivos para a Competitividade Empresarial, o Competir+, conta já com mais de 400 projetos de investimento aprovados, representando perto de 200 milhões de euros de investimento empresarial.

Esse dinamismo pode também ser aferido com o facto de a ilha Terceira representar mais de 30% do total de investimento privado da Região, disse.

Vasco Cordeiro realçou, por outro lado, a parceria com o Governo da República para criar as condições estruturais que permitam reforçar essa estratégia de inovação e conhecimento, como é o caso do avanço registado no processo de substituição dos cabos submarinos nas ligações com o continente.

“Essa é uma decisão que vai no bom sentido, para que essa estratégia possa ter condições para ser concretizada em toda a sua extensão, com benefícios para os Açorianos”, concluiu Vasco Cordeiro.

Fotos: © GaCS/JAR | GaCS/PC/PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s