FORMAÇÃO AOS CUIDADORES VISA MELHORAR QUALIDADE DOS CUIDADOS PRESTADOS À PESSOA IDOSA E DEPENDENTE, AFIRMA ANDREIA CARDOSO

A Secretária Regional da Solidariedade Social destacou hoje, na Horta, a formação de capacitação técnica dos cuidadores formais das Instituições Particulares de Solidariedade Social da Região como uma forma de “melhorar a qualidade do atendimento e cuidados prestados à pessoa idosa e pessoa dependente, através da efetivação dos seus direitos e dos princípios orientadores da intervenção”.

Andreia Cardoso falava na cerimónia de entrega de certificados relativa às formações dirigidas aos cuidadores formais que decorreram em 2019, que tiveram como objetivo “dar resposta a uma necessidade identificada pelas instituições com resposta social na área dos idosos, procurando promover a aquisição, atualização e aperfeiçoamento de competências, transferíveis para a prática dos colaboradores das IPSS e Misericórdias da Região”.

Após o levantamento das necessidades formativas dos cuidadores formais, acrescentou Andreia Cardoso, “foi elaborado um ponto de situação, por ilha e instituição, das necessidades de formação e, consequentemente, a elaboração de um plano de formação para os cuidadores formais, homologada pela Direção Regional do Emprego e Qualificação Profissional (DREQP)”.

Na cerimónia de hoje, que decorreu no âmbito da visita do Governo à ilha do Faial, foram entregues 18 certificados, sendo oito a colaboradores da Santa Casa da Misericórdia da Horta e 10 à APAVIF – Associação de Pais e Amigos do Deficiente na Ilha do Faial, pelos cursos de ‘Gestão e Coordenação Técnica’ e ‘Envelhecimento e dependência: direitos e pressupostos’, que decorreram em setembro e outubro de 2019.

A Secretária Regional salientou que até dezembro de 2018 foi garantida formação nas ilhas Graciosa, Terceira e São Miguel e que, em 2019, o processo decorreu para dar resposta às ilhas ainda não abrangidas.

Estas formações foram asseguradas pela Santa Casa da Misericórdia de Angra do Heroísmo, que realizou sete edições do curso ‘Envelhecimento e Dependência: Direitos, Pressupostos Interventivos e Prestação de Cuidados’ nas ilhas São Jorge, Pico, Faial e Flores, num total de 87 formandos.

Relativamente ao curso de ‘Gestão e Coordenação Técnica’, foram promovidas duas edições do curso de dirigente, uma direcionada para os elementos das ilhas de Santa Maria, Flores, Corvo e Faial, que decorreu na Horta, e outra direcionada para os dirigentes das ilhas de São Jorge e Pico, realizada na ilha do Pico, abrangendo 27 dirigentes.

“Estas duas ações de formação foram realizadas entre 2 de outubro e 28 de novembro de 2019, sendo que, no total, foram diretamente abrangidos 114 formandos, dos quais 87 são cuidadores formais e 27 dirigentes”, disse Andreia Cardoso.

Fotos: © GaCS/HO | GaCS/AIC/PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s