É PRECISO POTENCIAR A CENTRALIDADE DA ILHA NO CONTEXTO REGIONAL, APONTA O PSD/TERCEIRA

O próximo governo dos Açores “não pode continuar a ignorar as potencialidades da Ilha Terceira, não valorizando e potenciando a sua centralidade geográfica no contexto regional, o seu peso económico e o contributo que essa centralidade pode e deve dar ao desenvolvimento dos Açores”, considera a comissão política local do PSD.

O vice-presidente da estrutura, Rui Espínola avança que “é necessária uma mudança de estratégia na governação dos Açores, que assente na potenciação de todas as ilhas e no contributo de cada para o todo regional”.

Para o social democrata, “os terceirenses não aceitam que, depois de anunciados, os investimentos estruturantes para a ilha sejam constantemente adiados ou executados no prazo de uma década, acarretando com isso tempo perdido na dinamização e potenciação económica local”.

Espínola dá como exemplo “o porto da Praia da Vitória, com vários investimentos anunciados e nunca concretizados, assim como a rampa ro-ro do Porto das Pipas, obra que há muito já deveria estar realizada, pela importância que assume nas ligações marítimas com o Grupo Central”, adianta.

“Os terceirenses não entendem que a Terceira, nomeadamente o Porto da Praia da Vitória, não seja a plataforma giratória do transporte de carga marítima para os grupos Central e Ocidental. Há condições físicas, humanas e técnicas para tal, e isso iria agilizar a carga marítima no arquipélago, pelo que só falta a vontade política”, diz o também vereador na autarquia praiense.

No que toca aos transportes aéreos, “vai também perdendo a sua posição de plataforma giratória de passageiros para os grupos Central e Ocidental, bem como para o exterior da Região. A gestão socialista esvazia cada vez mais a capacidade e as potencialidades da Aerogare Civil das Lajes, ignorando a sua centralidade e o contributo que poderia significar para reduzir as tarifas das passagens aéreas interilhas”, consideram os sociais-democratas terceirenses.

Rui Espínola refere que, “igualmente na administração pública na Terceira vai cada vez mais perdendo poder, sendo enfraquecida à conta da estratégia do PS, que tem esvaziado as capacidades da ilha no contexto regional”.

O vice-presidente do PSD/Terceira aponta ainda “a necessidade de se rever a orgânica da Segurança Social açoriana, que precisa de maior autonomização e mais aproximação dos beneficiários e contribuintes, melhorando com isso o funcionamento dos seus serviços”.

Carências “que também acontecem em outras áreas dos serviços públicos, como no caso da saúde, com a ausência de investimentos, onde se destaca a falta do serviço de Radioterapia do Hospital da ilha Terceira, apesar de existirem condições físicas e técnicas para tal”, conclui.

GOVERNO DE VASCO CORDEIRO “É CÚMPLICE” DAS PROMESSAS FALHADAS NA TERCEIRA PELA REPÚPLICA, ACUSA ANTÓNIO VENTURA

Por sua vez o deputado do PSD/Açores na Assembleia da República, António Ventura, acusou ontem o governo regional de ser “cúmplice” nas promessas falhadas pela República para a Ilha Terceira.

“O governo regional está de visita à Ilha Terceira, onde se espera possa responder a algumas questões de âmbito nacional e regional, que foram prometidas e nunca foram cumpridas”, adianta o social-democrata.

António Ventura recordou a descontaminação total dos solos e aquíferos da ilha “da qual não se sabe onde falta intervir, não se sabe o que está feito até agora ou para quando se prevê a conclusão do processo”, explica.

“Até porque os ministros da Defesa e dos Negócios Estrangeiros não respondem a estas perguntas. E já por várias vezes foram questionados nesse sentido”, acrescentou.

António Ventura afirma que “parece não haver nada planeado face a um assunto tão importante. E o mesmo se passa com a Base das Lajes, cujas alternativas prometidas pela República já têm seis anos no papel, e nem uma foi efetivada”, critica.

O deputado referiu igualmente que “estamos à espera de uma pronúncia do governo açoriano sobre a promessa de instalação de GNL no Porto da Praia da Vitória. Que o Ministro do Mar diz ser algo que vai continuar a ser prometido, o que consideramos inaceitável”, terminou.

Fotos: © PSD-A | PSD-A/PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s