PROGRAMA “VIVER OS AÇORES” INSTIGA AÇORIANOS A “VIAJAR PARA FORA CÁ DENTRO”

O Presidente do Governo anunciou hoje que, na próxima semana, entrará em funcionamento um novo programa, denominado ‘Viver os Açores’, para fomentar o turismo interno e que prevê a atribuição de apoios aos Açorianos que pretendam passar férias noutras ilhas que não a da sua residência.

“Posso anunciar que, durante a próxima semana, entrará em funcionamento um novo programa criado pelo Governo dos Açores, chamado ‘Viver os Açores’, que se traduz no incentivo aos residentes à realização de férias em outras ilhas da Região que não a da sua residência”, afirmou Vasco Cordeiro.

Segundo o Presidente do Governo, que falava na ilha de Santa Maria, este incentivo para a realização de férias interilhas corresponde a um apoio financeiro para a aquisição, pelos Açorianos, de serviços de transporte aéreo e marítimo, de alojamento, de alimentação, de atividades turísticas e de aluguer de viatura.

“Com a perfeita consciência que não é o mercado interno que substitui aquilo que são os fluxos turísticos provenientes do exterior, o Governo dos Açores está a trabalhar no sentido de potenciar e valorizar, ao máximo, esse mercado interno”, afirmou Vasco Cordeiro.

De acordo com o Presidente do Governo, pelas circunstâncias que são conhecidas de todas relativas à pandemia de COVID-19, o Executivo açoriano está, assim, a “lançar mão de todos os mecanismos que tem à sua disposição para fomentar o turismo interilhas”, numa altura em que os mercados externos “não estão tão pujantes”.

Vasco Cordeiro adiantou, por outro lado, que está a ser desenvolvido, quer pela tutela, quer pelo Conselho de Administração da SATA, um trabalho para permitir que o transporte aéreo possa servir melhor a ilha de Santa Maria.

“Esse trabalho inclui a ligação direta com Lisboa, um reforço de ligações da operação inter-ilhas e a criação de tarifas promocionais nesse âmbito”, adiantou Vasco Cordeiro, ao salientar que, sobretudo nas ligações aéreas com o exterior, existem “cuidados que ainda se deve ter”, tendo em conta a situação da COVID-19 em outras partes do país.

No âmbito do conjunto de contactos e visitas que tem realizado nas várias ilhas, Vasco Cordeiro visitou hoje as jazidas fósseis da Pedreira do Campo, onde salientou o trabalho da Universidade dos Açores para a criação de um plano de ação para o Paleoparque de Santa Maria, criado em 2018, e que se prevê que esteja concluído no mês de julho.

O Paleoparque de Santa Maria integra 20 jazidas fósseis e, no âmbito desse plano de ação, serão estabelecidas as medidas e ações de conservação e salvaguarda dos recursos e valores naturais e, simultaneamente, de usufruição sustentável destas áreas.

“O plano de ação para o Paleoparque de Santa Maria permite entrar numa nova fase de concretização destas medidas, no sentido de um cada vez maior aproveitamento desse património e da sua preservação, reforçando as oportunidades de desenvolvimento da própria ilha”, referiu Vasco Cordeiro.

GaCS/PC/PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s