FESTAS DA PRAIA 2020 EVOCAM AS 7 MARAVILHAS DO MUNDO ANTIGO

As festividades que decorrem de 31 de julho a 09 de agosto, na capital do Ramo Grande, este ano ligam ambiente, ecologia, tradição e a história do “Mundo Antigo, as 7 Maravilhas”, mantendo o mesmo modelo de financiamento e de organização. Orçamentadas em 462 mil euros, 237 mil provém do erário público.


O diretor artístico das Festas da Praia 2020, Vasco Lima, escolheu como tema para as maiores festas concelhias deste ano “Do Mundo Antigo, as 7 Maravilhas”, que se irão realizar de 31 de julho a 09 de agosto, mantendo o modelo de financiamento e de organização, mas prometendo muitas inovações.

O tema, o cartaz, o orçamento e o modelo organizativo das festas foram apresentados, na passada terça-feira, 11 de fevereiro, no foyer do Auditório do Ramo Grande, pela Câmara Municipal da Praia da Vitória (CMPV), destacando-se a realização de quatro grandes desfiles: o Desfile de Abertura e o Desfile Infantil (já habituais); o Desfile Etnográfico (que volta a constar do programa das Festas) e o Desfile Ecológico (novidade/inovação).

Na conferência de imprensa de apresentação, Tibério Dinis, presidente da CMPV (acompanhado pelo vice-presidente Carlos Armando Costa – que é também responsável pela Cooperativa Praia Cultural, entidade que organiza a festa – e por Vasco Lima, diretor artístico), salientou a manutenção, “pelo terceiro ano consecutivo”, do orçamento e do modelo organizativo, sublinhando “a transparência total” com que se apresentam estas festividades.

Mantém-se o formato de concessão a privados ou entidades externas de espaços e/ou eventos das festas (como o recinto de espetáculos ou a vertente taurina e tauromáquica), “transmitindo parte significativa dos riscos para os privados e libertando verbas para introduzir novas apostas nas festas”, disse Tibério Dinis, salientando “o contributo público, que se mantém pelo terceiro ano consecutivo, nos 237 mil euros”.

“Estamos perante um orçamento bastante equilibrado, que, pela nossa experiência, possibilitará manter uma execução equilibrada e organizar uma Festa da Praia de qualidade, em nome da transparência e da sustentabilidade financeira das próprias festas”, afirmou o autarca.

Com um valor de receita e despesa de 462 mil euros, o Município, através da Cooperativa Praia Cultural, investirá 155 mil euros em desfiles, palcos, animação de rua, touradas à corda e procissões; 82 mil euros são para a direção artística preparar cortejos e a marcha oficial; sobram 90 mil euros para espetáculos, 120 mil euros para a Feira de Gastronomia e 15 mil euros de apoio à organização da Tourada de Praça das Festas da Praia. Em termos de receitas, a Câmara Municipal comparticipa as despesas em 237 mil euros, prevendo-se 132 mil euros de receitas publicitárias, apoios e patrocínios e 93 mil euros das rendas dos alugueres dos diferentes espaços a concessionar aos privados.

TEMA E CARTAZ

No que toca à apresentação do tema e do cartaz das Festas Praia 2020, Vasco Lima, revelou que “em cima da mesa estiverem sempre dois temas”, sendo que venceu um que, “mantendo uma vertente histórica, foge um pouco ao habitual, uma vez que passa a história nacional e conta uma história global – Do Mundo Antigo, as 7 Maravilhas. Este é um tema que me fascina particularmente e é um tema grandioso ao nível de cenários, guarda-roupa e de toda a história que envolve. Vamos ter muitas surpresas para o cortejo, muitas coisas diferentes do habitual. Agora é trabalhar para apresentar um bom produto final”.

As 7 Maravilhas do Mundo Antigo representam os sete monumentos considerados mais belos na história da arquitetura. A lista foi criada pelos gregos na Grécia antiga e dela constam, as Pirâmides do Egito; os Jardins Suspensos da Babilônia; a Estátua de Zeus em Olímpia; o Colosso de Rodes; o Templo de Diana; o Mausoléu de Halicarnasso; e o Farol de Alexandria. Destas sete maravilhas do mundo antigo, apenas as pirâmides sobreviveram ao passar do tempo, pela que a sua abordagem tem como limite a imaginação e criatividade.

O cartaz oficial das Festas da Praia 2020 é da autoria do designer César Martiniano.

MUDANÇAS

Carlos Armando Costa, vice-presidente da CMPV, salientou, por seu lado, algumas das novidades que estão a ser preparadas “na tentativa de que as festas não fiquem estanques no seu modelo”.

Assim, revelou, para além do regresso do cortejo etnográfico, a grande novidade é a realização do cortejo ecológico que se insere “numa campanha de sensibilização ecológica e ambiental, que está a ser desenvolvida em colaboração com a Praia Ambiente, e que envolverá todas as freguesias do Concelho”, sendo que o cortejo integrado no programa das festividades será o culminar “desta grande campanha de sensibilização”. Em março próximo, segundo acrescentou, serão apresentados todos os pormenores.

Quanto a outras inovações, Carlos Armando Costa destacou “algumas alterações na configuração do programa e alterações na organização do espaço da Feira de Gastronomia, por forma a criar um espaço mais apelativo e com melhor oferta”. Neste momento está também a ser preparado o concurso de concessão da “Dreamzone”.

Foto: © GC-MPV | GC-MPV/PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s