AUTÁRQUICAS 2021: BE CRITICA RECENTE NOMEAÇÃO DA CANDIDATA PSD/CDS-PP/PPM EM ANGRA DO HEROÍSMO PARA SUBDIRETORA REGIONAL DA CULTURA

O primeiro candidato do Bloco de Esquerda à presidência da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, Hugo Bettencourt, criticou esta quinta-feira, a recente nomeação da candidata da coligação PSD/CDS-PP/PPM, Sandra Garcia, para o cargo de subdiretora regional da Cultura, por a mesma revelar que nem a coligação de direita “acredita na sua eleição”.

“A nomeação recente de Sandra Garcia – cabeça de lista da coligação PSD-CDS-PPM à Câmara de Angra do Heroísmo, como subdiretora da Direção Regional da Cultura é a prova de que nem a própria coligação acredita na sua eleição para o executivo camarário”, lê-se na nota de imprensa da candidatura.

Para a candidatura bloquista ao município de Angra, “esta nomeação reforça a ideia de que a coligação à direita não é a alternativa que o concelho de Angra do Heroísmo necessita. Numa altura em que nos encontramos a tentar recuperar económica e socialmente de uma crise pandémica, que ainda nos assola, é incompreensível que o Governo Regional opte por dar um mau exemplo na gestão da coisa pública, encarecendo ainda mais este governo que já se revelou o mais caro de sempre”.

Por outro lado, enfatiza o Bloco, que “este episódio revela bem a necessidade urgente de votar no Bloco de Esquerda, pois é o partido que se apresenta com uma candidatura séria e que se afirma pelo concelho e não por interesses individuais”.

“Apesar de as nomeações se terem tornado recorrentes desde a tomada de posse da coligação, não podemos aceitar como normal, nem podemos compactuar com que este concelho sirva de prato para negociações. As e os Angrenses necessitam de quem se preocupe com este concelho e não com lugares a ocupar”, afirma Hugo Bettencourt, citado na nota.

NOMEAÇÕES, EQUÍVOCOS E OUTROS MALES

Por sua vez Sandra Garcia recorreu à sua página na rede social Facebook para responder às reações à sua recente nomeação para subdiretora regional da Cultura, numa publicação que intitulou de “Nomeações, equívocos e outros males”.

Na referida publicação a candidata que congrega sociais-democratas, populares e monarcas de Angra do Heroísmo, esclareceu que foi convidada para o cargo de subdiretora regional da Cultura, em novembro de 2021, e só não foi nomeada na ocasião, porque carecia de publicação oficial a orgânica da nova Secretaria Regional da Cultura, Ciência e Transição Digital.

No entanto, escreve, comecei a “trabalhar na qualidade de Adjunta da Senhora Secretária Regional da referida pasta”, pelo que a presente nomeação “vem apenas regularizar esta situação”.

Assumindo responsabilidades próprias na revisão do texto do despacho, há muito preparado, nomeadamente no que diz respeito ao “carácter urgente da nomeação”, dado o atual contexto de pré-campanha eleitoral autárquica, ainda assim assume a urgência da nomeação, porque “esta nomeação dá-me competências e legitimidade diferentes para atuar”.

Sandra Garcia escreve ainda que foi convidada para encabeçar a lista da coligação “em finais de maio”, refutando que a nomeação seja “uma contrapartida” à sua candidatura à presidência da Câmara de Angra, por “ser um desafio difícil e que o dou por perdido”, antes pelo contrário, escreve a candidata, “continuo confiante e focada neste objetivo, hoje mais do que nunca!”.

“Nomeações, equívocos e outros males

Caros amigos,

Pensei nestes últimos dias sobre se deveria ou não responder a algumas das reações à minha recente nomeação para Subdiretora da Cultura. Tal como a história do velho, da criança e do burro não há respostas certas, apenas podemos fazer o que nós achamos certo. Neste caso, como em outros, o silêncio poderia alimentar o equívoco e, da minha experiência, há poucas coisas mais difíceis de combater do que os equívocos.

Fui convidada pelo atual governo para Subdiretora da Cultura em novembro do ano passado. Como a nomeação não poderia ser imediata, já que era necessário proceder à constituição da orgânica da Secretaria Regional da Cultura, Ciência e Transição Digital, comecei assim a trabalhar na qualidade de Adjunta da Senhora Secretária Regional da referida pasta. Esta nomeação vem apenas regularizar esta situação.

O que pode causar estranheza é o carácter urgente da nomeação. A verdade é que o Despacho já estava preparado há algum tempo e era urgente porque esta nomeação dá-me competências e legitimidade diferentes para atuar. Como em muitos processos semelhantes por vezes os procedimentos levam mais tempo do que o inicialmente previsto. O que deveria ter sido feito era retirar esse carácter de urgência dada a atual conjuntura. Naturalmente quem deveria ter atentado nesta necessidade de revisão do texto de nomeação deveria ter sido eu.

Se fosse essa a crítica não haveria qualquer problema. A crítica justa sempre me ajudou a crescer como pessoa e como profissional.

Coisa bem diversa é insinuar ou afirmar que esta nomeação é uma contrapartida para a minha candidatura à Câmara Municipal de Angra do Heroísmo. Só fui convidada para aceitar este desafio em finais de maio e a minha nomeação estava certa desde novembro.

Quanto aos que acham que é uma recompensa pelo facto de ser um desafio difícil e que o dou por perdido não poderiam estar mais enganados. Entro de peito aberto com uma excelente equipa e o meu objetivo é merecer o voto dos angrenses. Nunca enganaria os que dão a cara comigo e muito menos os angrenses. Esta é uma candidatura séria, não um faz de conta, e depende apenas dos eleitores ser uma candidatura vencedora.

Continuo confiante e focada neste objetivo, hoje mais do que nunca!”

© PE | Foto: BE/A

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s