PRÁTICAS DE SUSTENTABILIDADE DOS NOSSOS ANTEPASSADOS PODEM SER ÚTEIS NO PRESENTE, DIZ VICE-PRESIDENTE DA CMPV

O vice-presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Ricky Baptista, considera que as práticas de sustentabilidade desenvolvidas pelos nossos antepassados devem ser atualizadas e difundias pelas gerações mais novas, contribuindo para o desenvolvimento dos setores produtivos locais.

De acordo com uma nota da Câmara divulgada na rede social Facebook, esta ideia foi apresentada pelo autarca, na passada sexta-feira, no arranque das primeiras Jornadas do Vinho Verdelho do Biscoitos, organizadas pela Confraria do Vinho Verdelho dos Biscoitos.

Para Ricky Batista “muitas formas de cultivo e maneio” do passado podem apoiar na cadeia de custos das produções atuais.

“Perante as dificuldades naturais da proximidade ao mar, o engenho do Homem levou-o a proteger as vinhas com muros de pedra – as típicas curraletas – que marcam até aos dias de hoje a paisagem de diversos locais da nossa Ilha, e principalmente na zona dos Biscoitos. Este engenho, decorrente da necessidade de sobreviver, marca a cultura da vinha. Mas marca também outras culturas antigas, outras tantas formas de fazer. E todas – ou quase todas, pelo menos – com uma componente exemplar de sustentabilidade. Parece-nos, pois, interessante, que os exemplos dos nossos antepassados nesse âmbito sejam atualizados e reavivados. Acreditamos que muitas das formas de cultivo e de maneio podem, hoje, ser importantes para o quotidiano das nossas populações”, argumentou o autartca.

“A agricultura familiar; a produção própria com cuidados ambientais; a economia familiar, são temas que devemos debater e amplificar. E nestas jornadas – se possível – será importante transmitir os exemplos da cultura vitivinícola em termos de proteção ambiental e sustentabilidade, para que as novas gerações possam aprender”, desafiou.

Na sua intervenção, o vice-presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória deu os parabéns à Confraria do Vinho Verdelho dos Biscoitos pela organização das jornadas, apelando a que outros setores produtivos se unam e debatam os desafios futuros.

“A Câmara Municipal da Praia da Vitória está disponível para colaborar, como fez com estas jornadas, ou com as Jornadas Agrícolas, que se realizam no próximo fim-de-semana, na Fonte do Bastardo”, disse.

As primeiras Jornadas do Vinho Verdelho dos Biscoitos decorreram de sexta-feira, 22, até ontem, 25 de abril, com sessões nos Biscoitos, Praia da Vitória e Angra do Heroísmo. Organizadas pela Confraria do Vinho Verdelho dos Biscoitos, o fórum teve o alto patrocínio da Presidência do Governo dos Açores e o apoio dos Municípios de Angra do Heroísmo e da Praia da Vitória, da Junta de Freguesia dos Biscoitos, do Núcleo Filatélico de Angra do Heroísmo, do Posto de CCT dos Biscoitos, entre outras entidades.

Ao longo de quatro dias foram abordados vários temas relacionados com a temática, desde da vitivinicultura, passando pelo ambiente, turismo e cultura. No arranque destas jornadas de debate e reflexão, assinalando a ocasião, foi lançado uma coleção de postais, selos de correio e um carimbo alusivo ao evento.

© GC-MPV | Foto: GC-MPV | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s