ASSOCIAÇÃO TURISMO AÇORES “É BAIRRISTA” E DISCRIMINA ILHAS COM GATEWAYS, ACUSAM VEREADORES SOCIAS DEMOCRATAS DE ANGRA DO HEROÍSMO

Os vereadores do PSD na Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, Marcos Couto e Miguel Bezerra, criticam duramente a mais recente posição pública da Associação de Turismo dos Açores (ATA) que anunciou está a trabalhar com a companhia aérea TAP um programa de “stop over” para Ponta Delgada, acusando a entidade responsável pela promoção turística da Região de “bairrista”.

Em nota enviada aos órgãos de comunicação social, os eleitos social-democratas no Município angrense lembram que “a crise provocada pelo novo coronavírus afetou de igual modo todas as ilhas, e não exclusivamente Ponta Delgada”, criticando a posição de uma associação regional, “paga pelos impostos de todos os Açorianos”, mas que “só está preocupada com uma das cinco gateways que ligam os Açores ao Mundo”.

“A propósito das recentes declarações do Sr. Presidente da ATA, de que a instituição que recebe dinheiros públicos regionais para a promoção de todo o destino turístico Açores está a trabalhar com a TAP para preparar um programa de ‘stop over’ nas rotas da transportadora aérea nacional para Ponta Delgada, desde a Europa, Estados Unidos e Canadá, importa censurar esta posição bairrista e que discrimina as restantes ilhas com ‘gateways’ de acesso ao exterior da Região”, afirmam.

Marcos Couto e Miguel Bezerra consideram esta posição da ATA “inadmissível na defesa de um projeto que tenha por destino apenas o Aeroporto de Ponta Delgada”, frisando tratar-se de “uma posição bairrista e que prejudica, mais uma vez, a unidade regional, sendo reveladora da falta de dimensão técnica e pessoal que o Sr. Carlos Morais tem para o desempenho do cargo”.

“Os Açores não se promovem, nem desenvolvem com gente desta e com instituições destas. Os Açores são nove ilhas; cinco delas têm aeroportos com ligação direta ao exterior. Uma Associação Regional, paga pelos impostos de todos os Açorianos, não pode encontrar-se ao serviço dos poderes bairristas de Ponta Delgada, em vez de realizar um efetivo e eficiente serviço de promoção da Região como um todo”.

Para os vereadores da oposição na Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, “os Açores devem ser promovidos através das cinco gateways que a Região tem e não através apenas de uma, para mais porque a ATA é suportada por dinheiros públicos, tendo, como tal, que respeitar o trabalho e esforço de todos os Açorianos, o que não foi, nem tem sido, manifestamente o caso”.

À semelhança da mais recente denúncia dos eleitos do PSD na segunda maior autarquia açoriana, relativa ao desvio do extrator de RNA do Laboratório de Epidemiologia e Biologia Molecular dos Hospital da Ilha Terceira para a criação apressada de um Laboratório de análises à Covid-19 no Hospital de Ponta Delgada, Marcos Couto e Miguel Bezerra exortam “todos os representantes da Terceira a acompanhar o nosso esforço na defesa da Terceira e da Unidade Regional, que tão ameaçada se encontra”.

VPSD-CMAH/PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s