HORTA: CÂMARA PREPARA REQUALIFICAÇÃO DA BAIXA RIBEIRINHA DA FETEIRA

A zona ribeirinha da freguesia da Feteira, no concelho da Horta, lha do Faial, vai ser alvo de uma requalificação alargada, que se estende desde o Centro Intergeracional, recém-inaugurado na rua da Igreja, até à zona do porto daquela freguesia.

A intervenção, a levar a cabo pela Câmara Municipal da Horta (CMH), em parceria com o Governo dos Açores, surge na sequência dos estragos causados pelo furacão “Lorenzo”, que afetou, sobremaneira, as áreas circundantes ao porto da Feteira.

Em visita ao local, realizada na manhã da passada terça-feira, José Leonardo Silva, presidente da CMH, explicou que está já a ser levado a cabo o estudo prévio da intervenção por um gabinete de arquitetura e inclui a asfaltagem dos acessos ao porto, parte da rua da Igreja e artéria paralela à Igreja Paroquial.

Por sua vez o Parque Infantil, junto à zona de lazer, está numa fase mais avançada, estando em curso a adjudicação dos trabalhos de reabilitação e a aquisição de novos equipamentos.

Para José Leonardo Silva, “esta é apenas uma de muitas outras intervenções que vão decorrer, no nosso concelho, fruto dos estragos provocados pelo furacão ‘Lorenzo’ e que aqui, na freguesia da Feteira, tiveram uma abrangência relativamente extensa”.

“Devemos olhar para esta intervenção como uma oportunidade que surgiu associada a um cataclismo natural, mas, para a CMH, é o momento para sarar uma ferida e dar nova vida a uma área naturalmente apetecível para residentes e turistas, que assim ganha uma nova imagem que a valorize, ainda mais, no futuro”, rematou o edil.

MÁSCARAS SOCIAIS

As máscaras sociais que a CMH adquiriu por forma a fomentar a prevenção dos comportamentos do dia-a-dia da população do concelho estão em distribuição. As primeiras máscaras foram distribuídas na freguesia dos Cedros onde decorreu recentemente o projeto “Presentes no Concelho”.

Recorde-se que a CMH procedeu à adjudicação de 16.000 máscaras sociais, reutilizáveis e laváveis, para distribuir a todos os faialenses, suportadas pelo Fundo de Emergência Social.

As máscaras, devidamente certificadas, vão ser distribuídas a todos os elementos de cada agregado familiar, com a colaboração das juntas de freguesia do concelho.

Foto: © CMH | CMH/PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s